ansiedade

E se o cérebro melhorar com o envelhecimento?

Uma nova pesquisa do Instituto de Neurociência do Trinity College, em Dublin, defende que o cérebro pode melhorar com o envelhecimento. Segundo a investigação elaborada por este Instituto, e publicada na revista “Psychology and Aging”, os adultos mais velhos conseguem manter o foco no que fazem e são menos afetados pela ansiedade e agitação mental que perturbam os mais jovens.

Linha SOSolidão da Fundação Bissaya Barreto com 68% de casos de problemas de saúde mental

Em 10 meses de funcionamento, a Linha SOSolidão regista 68% de pedidos de ajuda referentes a idosos com sinais e sintomas de problemas de saúde mental. As perturbações depressivas e as perturbações de ansiedade surgem com acentuada frequência, desde a criação da Linha de apoio, e regista-se um aumento de contactos de idosos que apresentam outras patologias, como esquizofrenia e perturbações delirantes, psicóticas e de bipolaridade bem como declínios cognitivos ligeiros, ou mais graves, como doença de Alzheimer.