Descubra como poupar energia

Descubra como poupar energia em sua casa ao mesmo tempo que cuida do ambiente

O inverno está à porta, e com ele chega o frio, e por isso o consumo energético nestes meses dispara. Temas como sustentabilidade e poupança de energia estão fortemente interligados. Mas porquê? Estamos realmente conscientes do impacto que cada uma das nossas ações tem no meio ambiente?

Se se preocupa com o meio ambiente, mas não sabe muito bem o que fazer para preservá-lo, aqui ficam algumas propostas que o ajudarão a ser mais ecológico e sustentável em sua casa e ao mesmo tempo ajudam-no a poupar dinheiro nas contas de energia.

Vale Eficiência – Apoios para famílias carenciadas terem maior eficiência energética em casa

Foi lançado no dia 31 de agosto de 2021, um programa que abrange as famílias que são beneficiárias da tarifa social de energia que têm a possibilidade de receber vales que oferecem reformas e obras para melhoria da eficiência energética nas suas casas.

As obras podem ser pagas através destes vales e dão a possibilidade de substituir janelas de classe A, melhorias no isolamento térmico, e ainda instalação de sistemas de aquecimento ou arrefecimento, e também no que diz respeito ao sistema de águas quentes (bombas de calor, caldeiras entre outros).

Após candidatura, os candidatos terão acesso a uma lista de fornecedores de obras e solicitar junto destes orçamentos para levar a cabo as melhorias nas habitações. Informe-se já junto do site Fundo Ambiental.

Seguidamente, ficam algumas ‘eco-ideias’ que o ajudarão a respeitar mais o meio ambiente:

E não é só isso: no final do mês, o seu bolso também vai agradecer porque quando pensa em poupar energia em casa, é provável que relacione diretamente com a economia financeira.

Tentar poupar energia não é questão de um dia, mas sim de mudar hábitos para tentar ser mais eficientes no nosso consumo. Como pode imaginar, existem vários motivos para cuidar de nosso gasto de energia:

Esgotamento de energia não renovável. A energia derivada de combustíveis fósseis como carvão ou petróleo acaba porque o consumo aumenta rapidamente e leva milhares de anos para se regenerar.

Impacto ambiental. Muitas das coisas que fazemos, como conduzir, mandar algo fora ou usar aquecimento a gás, têm um impacto ambiental que deve ser reduzido se quisermos que as gerações futuras vivam num planeta saudável.

Riscos derivados da dependência de energias não renováveis. Se toda a energia que utilizamos deriva de fontes não renováveis, teremos uma dependência energética que pode ser afetada pelo esgotamento dos recursos e que pode até ter um impacto económico e social.

Dada a situação, podemos fazer muito na nossa própria casa. Poupar energia é importante para muitas casas, mas nem sempre é fácil encontrar hábitos que nos permitam reduzir o consumo de energia em casa. Descubra como pode fazer isso em casa graças às nossas dicas:

Aplique um bom sistema de isolamento térmico

É inútil utilizar energia renovável ou tomar outras medidas se a sua casa não for bem isolada e tiver fugas de calor e frio. Verifique as paredes e janelas para ver se o isolamento está a funcionar bem ou precisa ser substituído.

Um bom sistema de isolamento pode levar a uma poupança anual de energia de 16 milhões de toneladas a menos de gases de combustão. Num período de mais de 60 anos, essa solução significaria uma redução nas emissões de mais de 110 milhões de toneladas de CO2 e 35 bilhões de litros de gasóleo para aquecimento.

Utilize eletrodomésticos e aquecimento eficientes

Ao comprar eletrodomésticos, certifique-se de que a etiqueta energética é a da classe A. Desta forma, poupará muito mais no consumo.

De acordo com a Comissão Europeia, este tipo de aparelhos eficientes do ponto de vista energético permite-nos poupar cerca de 490 euros por ano em eletricidade, ao mesmo tempo que reduz o nosso impacto ambiental.

Acima de tudo, priorizar a compra de frigoríficos, máquinas de lavar, televisão, máquinas de lavar louça ou vitrocerâmicas, pois são os aparelhos que mais consomem eletricidade.

Confirme a potência elétrica

A conta de luz tem uma parte fixa, que é a potência contratada, e uma parte variável, que é o consumo. Verifique as suas contas para ver se pode reduzir a potência elétrica e pagar menos a cada mês.

Faculte as leituras ao seu fornecedor de energia

De maneira a evitar as contas com consumos estimados, é importante que de forma regular faculte a leitura à sua empresa de eletricidade. É uma forma de controlo e ao mesmo tempo de poupança, já que evitar pagar por consumos que não realizou. Caso tenha mais que um contrato de energia, confirme sempre o CPE (código ponto de entrega) para que saiba a que morada se refere.

Desligue as luzes e aparelhos em modo de espera

Parece óbvio, mas muitas vezes chegamos em casa e deixamos todas as luzes acesas por onde vamos, ou saímos de casa e o computador e a televisão, por exemplo, ficam em modo de espera e continuam a consumir energia.

Substitua as lâmpadas incandescentes por lâmpadas economizadoras de energia ou lâmpadas LED

Substitua as lâmpadas incandescentes por lâmpadas economizadoras de energia ou lâmpadas LED

A iluminação da nossa casa tem uma parte importante do consumo de eletricidade. Por isso, é aconselhável evitar lâmpadas halógenas e lâmpadas incandescentes, por serem as menos eficientes, e apostar nos LEDs. Podem até ser um pouco mais caras, mas ajudam muito na redução do consumo de energia.

Fonte: Luzegas.pt