Beldroegas

8 super benefícios da beldroega e como usar

A beldroega é um pequeno arbusto que promete trazer vários benefícios para a saúde.

A beldroega é uma planta rasteira que cresce facilmente em todo tipo de solo, não exigindo muita luz, nem água. Por essas características, muitas vezes ela é confundida com uma erva daninha, mas na verdade a beldroega traz diversas propriedades medicinais, sendo uma das fontes vegetais mais importantes de ômega 3, além de ter várias propriedades interessantes como ser diurética, antioxidante e anti-inflamatória. Além disso, esta planta também pode ser usada na alimentação para preparar saladas, sopas e para fazer parte de guisados, sendo bastante usada em alguns países da Europa.

Por ser uma importante fonte de ômega 3, a beldroega é considerada uma ótima opção ao peixe, na dieta de pessoas vegetarianas ou vegan.

Se quiser uma sugestão de como preparar este alimento veja a nossa receita aqui.

Benefícios da beldroega:

  1. Ajuda a controlar a diabetes
    Segundo alguns estudos feitos com a planta, foi observado que o consumo do extrato feito com esta planta é capaz de controlar os níveis de açúcar no sangue, já que consegue modular o metabolismo da glicose, além de aumentar a sensibilidade à insulina.
  2. Protege do stress oxidativo
    A beldroega é uma planta rica em substâncias antioxidantes, como galotaninos, ômega 3, ácido ascórbico, quercetina e apigenina, que protegem as células contra o estresse oxidativo causado pelos radicais livres.
    Dessa forma, o consumo desta planta pode ser capaz de proteger o corpo contra o envelhecimento precoce, fortalecer o sistema imunológico e até diminuir o risco do surgimento de cancro.
  3. Alivia a inflamação da artrite
    Investigações feitas com o extrato de beldroega em laboratório mostraram que a planta é capaz de aliviar a inflamação comum dos quadros de artrite em ratos, apresentando um efeito muito semelhante ao de vários corticoides que são usados para tratar essa condição.
  4. Combate infecções bacterianas
    Vários estudos feitos com o extrato da planta têm demonstrado ação antibacteriana contra diferentes tipos de bactérias, incluindo Klebsiella pneumonia, Pseudomonas aeruginosa, Streptococcus pyogenes e Streptococcus aureus, mesmo quando as bactérias apresentavam resistência para antibióticos como eritromicina, tetraciclina ou ampicilina.
  5. Previne contra doenças cardiovasculares
    Além de ser muito rica em ômega 3, que é um tipo de gordura saudável que ajuda a proteger o coração, a beldroega também tem demonstrado ação contra a hiperlipidemia em ratos, sendo capaz de manter os níveis de colesterol e triglicerídeos dentro dos parâmetros normais.
  6. Protege o estômago de úlceras
    Devido à sua composição em flavonoides, como canferol, apigenina e quercetina, a beldroega parece ser capaz de criar uma proteção no estômago que dificulta o aparecimento de úlceras gástricas.
  7. Reduz a pressão arterial
    Em estudos feitos com um extrato aquoso de beldroega os investigadores observaram que as quantidades de potássio da planta parecem ser capazes de diminuir a pressão arterial. Além disso, a beldroega também apresenta ação diurética, o que também contribui para a diminuição da pressão arterial.
  8. Ajuda na cicatrização de feridas
    Quando aplicadas diretamente sobre feridas e queimaduras, as folhas trituradas da beldroega parecem acelerar o processo de cicatrização, ao reduzir a superfície da ferida, além de aumentar a resistência à tração.

Contraindicações

Por ser rica em ácido oxálico, a beldroega deve ser evitada por pessoas que têm ou que já tiveram pedras no rins, e o seu consumo excessivo pode causar problemas intestinais como dores e enjoos.

Fonte: TuaSaúde