eCare

Projeto eCare tem 3,9 milhões de euros para incentivar soluções de apoio à fragilidade dos idosos

Com um orçamento total de 3,9 milhões de euros, o Projeto Europeu eCare lançou a fase 1 do seu concurso público, que visa encontrar soluções digitais inovadoras para prevenir e gerir a fragilidade na saúde dos idosos

Propostas podem ser apresentadas até 15 de setembro

A finalidade do projeto eCare é, “através da prevenção e gestão integrada oferecida pelos projetos vencedores, promover a independência e o bem-estar dos idosos e reduzir a carga orçamental sobre os serviços de saúde”.

Financiado a 90% pela Comissão Europeia, ao abrigo do programa Horizonte 2020, este projeto é coordenado por um consórcio de oito entidades públicas e privadas.

Até 15 de setembro de 2021, qualquer fornecedor individual ou coletivo pode concorrer a esta primeira fase através da plataforma eCare da JAGGAER, responsável pela coordenação inicial do projeto há dois anos, agora assegurada pela consultora espanhola SILO.

Segundo comunicado, os vencedores serão anunciados a 16 de novembro, passando às “fases seguintes do concurso: desenvolvimento e teste das soluções apresentadas em condições reais nas quatro instituições de cuidados de saúde compradoras”.

A fragilidade e a solidão estão entre os principais desafios de uma sociedade cada vez mais envelhecida e é perante este cenário que as soluções fornecidas pela eCare se concentram especialmente nas pessoas idosas.

Embora, a longevidade seja um dos marcos relevantes dos tempos modernos, paradoxalmente a qualidade de vida destas pessoas, nos seus últimos anos, pode ser agravada pela fragilidade, condição clínica que afeta um em cada quatro adultos na Europa.

Para mais informações e inscrições no Projeto Europeu eCare, clique aqui.