Quais as aldeias mais populares em Portugal?

Com o verão à porta, e os destinos portugueses como um claro favorito entre os turistas que sobem e descem Portugal, a questão que todos colocam é: para onde devo ir a seguir?

Com o verão à porta, e os destinos portugueses como um claro favorito entre os turistas que sobem e descem Portugal, a questão que todos colocam é: para onde devo ir a seguir? Não é segredo que as cidades de Lisboa e Porto são, por direito próprio, pontos de atracão turística, mas então e as vilas e aldeias mais pequenas? Onde está o destino mais popular em 2021?

A Holidu, o motor de pesquisa para casas de férias, decidiu realizar um estudo para determinar quais são as cidades portuguesas mais pequenas que o povo português tem procurado mais nos últimos doze meses. Todas as cidades com menos de 20000 habitantes foram consideradas para este estudo. A classificação foi elaborada utilizando o número médio de pesquisas mensais no Google para estes locais, determinando assim, os destinos mais populares dos turistas.

1.  Nazaré, Leiria

Nazaré foi coroada a pequena cidade mais popular de Portugal, e não é difícil de entender porquê! Conhecida como a “Meca das ondas grandes”, esta região atrai todos os anos milhares de turistas que procuram ver o Canhão da Nazaré. A praia do Norte é, ainda, o palco para o “Nazaré Tow Surfing Challenge”, levando os melhores surfistas de ondas grandes do mundo até Portugal. É imperativo não esquecer a cultura aqui presente dado que a Nazaré é uma das mais antigas aldeias piscatórias de Portugal, que remonta ao século XVII.

Nazaré crédito Pedro via Flickr

2.  Ericeira, Lisboa

Em segundo lugar, a magnífica vila da Ericeira. Terra das pessoas do mar, as praias, os patrimónios monumentais e gastronómicos, com base numa variedade de peixes e mariscos, constituem os seus maiores atrativos. Esta região é muito conhecida pelo surf, sendo a 1ª reserva mundial de surf da Europa e a 2ª do mundo. Praias como os Coxos, Ribeira D’Ilhas e Pedra Branca são as que mais atraem surfistas.

Ericeira crédito Vitor Oliveira via Flickr

3.  Peniche, Leiria

Em terceiro lugar e fechando o pódio temos Peniche. Considerada como a cidade mais a oeste do continente europeu, Peniche é um dos sítios a conhecer para quem estiver de visita ao Centro de Portugal. Descubra a cultura, as ondas de Peniche, as dezenas de praias, as Berlengas e muito mais! Não perca tempo e marque as suas férias aqui!

Peniche crédito Vitor Oliveira via Flick

4.  Fátima, Santarém

Em quarto lugar aparece Fátima, muito conhecida pelo turismo religioso. Todos os anos milhares de praticantes para aqui se deslocam para sentir o contacto com Deus. A Capelinha das Aparições, um dos lugares mais icónicos de Fátima, marca o local onde a Virgem Maria apareceu em 1917.

Fátima crédito Gilles Roy via Flickr

5.  Paços de Ferreira, Porto

Paços de Ferreira crédito Francisco Xavier via Flickr

De seguida encontramos Paços de Ferreira. Muito desconhecido a alguns portugueses, mas esconde uma beleza inigualável. Desde magníficos jardins verdes, igrejas e monumentos terá sempre entretenimento e cultura para absorver. Esta região, tem ainda, as ruínas de uma cidade, espalhada por 15 hectares e fundada pelas tribos celtas que dominavam este canto da Península Ibérica antes da chegada dos romanos. Os especialistas classificam o local como um dos grandes castros (aldeias fortificadas) da Península Ibérica.

6.  Penafiel, Porto

Penafiel crédito Ana Matias via Flickr

Penafiel é uma cidade situada no coração da região do Douro Litoral, no distrito do Porto. Uma povoação muito antiga, inicialmente era Arrifana de Sousa até D. José I e Marquês de Pombal, ao elevarem a vila à categoria de cidade, alteraram o nome para Penafiel. Esta região é um concelho rico em história e tradições, detentor de uma herança arquitetónica e paisagística única.

7.  Sines, Setúbal

Sines crédito Vitor Oliveira via Flickr

Na sétima posição temos Sines, local de nascimento de Vasco da Gama. Sines situa-se exatamente no centro da costa sudoeste de Portugal, inserida no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, privilegiando das maravilhosas praias e clima quente característicos desta região. Explore Sines através de um passeio pedestre, de barco, de jipe ou de cavalo.

8.  Vila Real de Santo António, Faro

A famosa região de Vila Real de Santo António aparece em oitavo lugar, sendo, arquitetonicamente, das regiões mais interessantes do Algarve. Criada pelo Marquês de Pombal em 1774 que usou as mesmas plantas que havia usado na Baixa de Lisboa. No centro da praça está orgulhosamente um obelisco a homenagear o Rei e o Marquês de Pombal, erguido por ordem do próprio Marquês de Pombal.

Vila Real de Santo António crédito Vitor Oliveira via Flickr

9.  Pombal, Leiria

Em nono lugar encontramos Pombal. Nos últimos anos de vida, Marquês de Pombal deixou a sua marca no antigo centro de Pombal, e o antigo edifício prisional que encomendou tem agora um magnífico museu sobre a sua vida. Há também um castelo medieval com um moderno centro de visitantes e várias igrejas, enquanto na costa se encontram praias naturais fora do radar turístico.

Pombal crédito Vitor Oliveira via Flickr

10.  Esmoriz, Ovar

Terminando a nossa classificação, mas não menos importante temos Esmoriz. Na costa entre Aveiro e Porto, Esmoriz é um resort que está a começar a fazer nome. Os surfistas já estão a chegar, uma vez que a praia principal da cidade tem beach breaks perfeitos. Esta região tem ainda uma magnífica lagoa e um parque natural.

Esmoriz crédito Vitor Oliveira via Flickr

Metodologia:

Todas as cidades portuguesas com menos de 20 000 habitantes foram consideradas para este estudo. A classificação foi então elaborada, utilizando o número médio de pesquisas mensais no Google nos últimos 12 meses com os nomes de cada região para determinar que destinos eram mais populares entre os viajantes.