Vamos falar de beringela?

Já ouviu falar da beringela? Quer conhecer mais sobre esta planta? Vamos conhecê-la melhor!

Já ouviu falar da beringela? Quer conhecer mais sobre esta planta? Vamos conhecê-la melhor!

  • Fruto da planta Solanum melongena, uma solanaceae arbustiva, anual, sendo originária da Índia e considerada de fácil cultivo.
  • A sua polpa é macia e possui uma textura esponjosa. A cor da variedade roxa deve-se à presença de antocianina na casca, que tem propriedades antioxidantes.
  • Baixo valor energético, apresentando apenas 21 kcal por 100 g. Com baixo teor em gordura (0,1 g/100 g) é, maioritariamente, constituída por água (92,5%).
  • Redução dos níveis de colesterol “mau” e dos triglicerídeos, já que contém nasunin e antocianinas, que são poderosos antioxidantes, ajudando na prevenção do desenvolvimento de problemas cardíacos, como a aterosclerose, por exemplo.
  • Melhora a circulação sanguínea porque promove a saúde dos vasos sanguíneos, uma vez que possui propriedades anti-inflamatórias que ajudam a regular a pressão arterial.
  • Favorece a perda de peso, pois tem poucas calorias e é rica em fibras, aumentando a sensação de saciedade.
  • Previne a anemia, pois é fonte de ácido fólico, que é uma vitamina que estimula a produção de células sanguíneas.
  • Regula os níveis de açúcar no sangue, já que é rica em antioxidantes e fibras que atrasam a absorção de carboidratos a nível intestinal, sendo uma excelente opção para prevenir a diabetes e para as pessoas que são diabéticas.
  • Melhora a memória e o funcionamento do cérebro, pois contém fitonutrientes que evitam o dano causado pelos radicais livres às células neuronais, promovendo a saúde do cérebro.
  • A beringela é chamada de “rei dos vegetais” e está presente em muitos de pratos tradicionais, como o caril de beringela. O ratatouille francês, que mistura legumes salteados em azeite, ervas e alho, e a parmiggiana italiana, que empilha camadas de beringela com molho de tomate e queijo parmesão ou mozzarela, não passam sem ela, assim como a moussaka grega que alterna camadas de beringelas grelhadas com carne moída, molho de tomate e batatas gratinadas.
  • Previne o desenvolvimento de problemas intestinais porque as fibras presentes ajudam a eliminar toxinas, facilitam a digestão e regulam o trânsito intestinal, podendo diminuir o risco de cancro gástrico e do cólon.