cuidador informal

Penafiel combate exclusão de idosos

“Combater a Infoexclusão Empresarial dos Idosos do Concelho de Penafiel” foi o projeto apresentado, a 18 de maio, pela Associação Empresarial de Penafiel (AEP) e que pretende, durante cerca de 2 anos, envolver 270 seniores no desenvolvimento tecnológico. A iniciativa irá dividir-se em 2 ações: Erasmus Senior e Oficinas de Trabalho. Nenhuma destas atividades apresenta custos para as IPSS envolvidas e o objetivo é começarem em maio de 2021 e prolongarem-se até novembro de 2022.

Combater a Infoexclusão Empresarial dos Idosos do Concelho de Penafiel” foi o projeto apresentado, a 18 de maio, pela Associação Empresarial de Penafiel (AEP) e que pretende, durante cerca de 2 anos, envolver 270 seniores no desenvolvimento tecnológico. A iniciativa irá dividir-se em 2 ações: Erasmus Senior e Oficinas de Trabalho. Nenhuma destas atividades apresenta custos para as IPSS envolvidas e o objetivo é começarem em maio de 2021 e prolongarem-se até novembro de 2022.

O Erasmus Senior irá proporcionar intercâmbios entre seniores (duas deslocações por ano) com outros municípios e outras instituições, permitindo uma estadia com atividades lúdicas noutros concelhos da região norte.

As Oficinas de Trabalho terão vários temas: Oficina de Combate à Infoexclusão em Boas Práticas Alimentares, em parceria com a Unidade de Saúde Familiar de Penafiel, com o objetivo de capacitar os seniores para desenvolver hábitos alimentares saudáveis; Oficina Capacitar+ que tenciona abordar questões fulcrais sobre a preservação do meio ambiente, dando dicas para uma agricultura sustentável; Infoexclusão Empresarial dos Seniores, organização e realização de visitas a empresas associadas da Associação Empresarial de Penafiel, de forma a criar oportunidades aos seniores do concelho de poderem visitar o tecido empresarial para tomarem conhecimento das diversas inovações e alterações tecnológicas operadas nos diversos setores de atividade nos últimos anos, fomentando as trocas de informações entre os empresários e os seniores.

Haverá ainda uma Oficina sobre Sexualidade, tema que, de acordo com a AEP, deve ser tratado sem qualquer tipo de tabu ou preconceito e que será abordado numa perspetiva biopsicossocial que tenha em consideração os fatores biológicos, psicológicos, sociais e ambientais. A Oficina das Atividades Inclusivas vai permitir aos seniores que se envolvam cada vez mais nas atividades que são propostas, sendo objetivo criar um guia das boas práticas inclusivas. Já a Oficina de Combate à Infoexclusão Tecnológica pretende capacitar os seniores para a utilização das novas tecnologias, como o telemóvel para a realização de videochamadas, tablets e computadores.

Também haverá também uma oficina sobre Interpretação dos Rótulos que irá proporcionar aos seniores a correta interpretação dos rótulos dos produtos alimentares, em parceria com a Deco Proteste, e o Projeto Lata 65, que pretende aproximar os seniores a uma nova forma de expressão artística que está fortemente associada aos mais jovens, a arte urbana.