Pilates

Vamos praticar Pilates?

O Método Pilates tem aqui um papel importante porque permite uma maior integração do indivíduo, trabalhando o corpo uma perspetiva global, melhorando a postura, desenvolvendo a estabilidade corporal, a coordenação, o equilíbrio, a força, e a flexibilidade.

A procura pelo bem-estar e uma melhor qualidade de vida num idoso é cada vez maior, e o fisioterapeuta tem aqui um papel muito importante sobretudo ao auxiliar, ensinar e acompanhar o idoso na manutenção da saúde e ajudando-o a não perder a autonomia. O fisioterapeuta, pela sua formação e conhecimento, tem ainda uma visão global do idoso, conseguindo avaliá-lo bem e desenvolvendo um programa individualizado.

O Método Pilates tem aqui um papel importante porque permite uma maior integração do indivíduo, trabalhando o corpo uma perspetiva global, melhorando a postura, desenvolvendo a estabilidade corporal, a coordenação, o equilíbrio, a força, e a flexibilidade. O Pilares promove harmonia e equilíbrio corporal em todas as idades, condicionando o corpo através de exercícios no solo e em aparelhos. E como se baseia na respiração, concentração, controlo, precisão e fluidez de movimentos torna-se num sistema de exercícios que permitem uma maior integração do indivíduo no seu dia-a-dia, trabalhando o corpo como um todo.

Durante o envelhecimento é muito importante fortalecer os músculos profundos da coluna (músculos abdominais, assoalho pélvico) até porque permitem corrigir a postura e realinhar a musculatura. Mas alem destes benefícios existem outras vantagens em praticar Pilates: ganho de força, aumento da densidade óssea, equilíbrio muscular, consciência corporal, concentração, coordenação motora, flexibilidade, melhoria da capacidade respiratória, alívio das dores musculares, diminuição do risco de quedas e da rigidez nas articulações e músculos, melhor mobilidade, agilidade e aumento da auto-estima.