Santuário de Fátima

7500 pessoas nas celebrações do Santuário de Fátima

As celebrações da peregrinação de 12 e 13 de maio no Santuário de Fátima vão ter um limite de 7500 pessoas, porque a pandemia “ainda não oferece garantias” para acolher “sem reservas” todos os fiéis. O acolhimento será idêntico ao da peregrinação de 12 e 13 de outubro.

As celebrações da peregrinação de 12 e 13 de maio no Santuário de Fátima vão ter um limite de 7500 pessoas, porque a pandemia “ainda não oferece garantias” para acolher “sem reservas” todos os fiéis. O acolhimento será idêntico ao da peregrinação de 12 e 13 de outubro.

Em articulação com as autoridades de saúde, o santuário de Fátima garante “o acolhimento dos peregrinos em total segurança”, com a aplicação das regras em vigor no contexto de pandemia de Covid-19 em todas as celebrações, como o uso obrigatório de máscara, o distanciamento físico e a higienização das mãos. As entradas no recinto processam-se por 8 locais, devidamente assinalados, nos lados norte e sul do santuário, e onde haverá dispensadores de álcool gel.

Ao longo do recinto estão assinalados círculos e, em cada um, poderão ficar apenas peregrinos que pertençam ao mesmo agregado. Durante as celebrações, para evitar movimentação de peregrinos no recinto que comprometam a manutenção do distanciamento físico, estarão vedadas as zonas da Capelinha das Aparições, e nesse local apenas estarão os intervenientes em cada uma das celebrações e a comunhão será distribuída no lugar, sendo o ministro da comunhão a deslocar-se. Como já vem sendo habitual, a celebração será transmitida através dos meios de comunicação social