idadismo

Vamos acabar com a discriminação pela idade?

Vamos Falar de Idadismo foi o tema da Conferência Internacional que assinalou o lançamento do Movimento #StopIdadismo que decorreu, em simultâneo, em 10 países: além de Portugal (que organizou o evento online) Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Cuba, El Salvador, México, Panamá e Venezuela.

Vamos Falar de Idadismo foi o tema da Conferência Internacional que assinalou o lançamento do Movimento #StopIdadismo que decorreu, em simultâneo, em 10 países: além de Portugal (que organizou o evento online) Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Cuba, El Salvador, México, Panamá e Venezuela.

Mas foi em Espanha, pela mão da especialista em Inovação Social, Laura Cañete, da Fundação Asispa, que a iniciativa começou, no final de 2021. E na conferência, Laura Cañete afirmou que ao idadismo está muito enraizado em Espanha mas que as pessoas não têm consciência de que algumas atitudes – o paternalismo excessivo, a infantilização, as conversas com os mais velhos ou a ideia de que já não podem fazer algumas coisas – podem ser uma forma de discriminação, de os desvalorizar. E por isso é importante organizar encontros ou programas na comunicação social onde se dá a conhecer esta realidade, para que este movimento se torne mundial e tão conhecido como o #metoo, por exemplo.

Em Portugal, o Movimento #StopIdadismo é liderado por José Carreira, antigo presidente da Alzheimer Portugal e especialista no envelhecimento, que espera que o número de adesões cresça rapidamente, porque o problema é global. Isso mesmo sublinhou o Presidente da República, que enviou uma mensagem de apoio e incentivo ao movimento. O #StopIdadismo é o nome do movimento que pretende combater a discriminação em função da idade e que atinge, sobretudo, a população mais velha. As Nações Unidas consideram que é a terceira forma de discriminação mais grave, depois da raça e sexo e que contribui para o aumento da pobreza e da insegurança económica das pessoas na velhice, aumenta o isolamento social e a solidão dos idosos.

Vamos falar de Idadismo é o desafio e mote da campanha que José Carreira lançou. É um convite a que, quem quiser, faça um pequeno vídeo com o telemóvel, respondendo a 3 perguntas simples: Alguma vez foi discriminado pela idade?, Que razões podem motivar essa discriminação?, Como podemos combater o Idadismo? E depois pode enviar as suas respostas para info@stopidadismo.pt