as aulas da Universidade Sénior do Rotary Clube de São João da Madeira têm continuado todas as semanas, nomeadamente as aulas de Inglês, Português e Jornalismo, História de Arte e da Cultura e Novo Testamento.

São João da Madeira: continuam aulas na Universidade Sénior

s aulas da Universidade Sénior do Rotary Clube de São João da Madeira têm continuado todas as semanas, nomeadamente as aulas de Inglês, Português e Jornalismo, História de Arte e da Cultura e Novo Testamento.

A Universidade Sénior tem prosseguido com as suas atividades mesmo durante a pandemia, e por isso, cerca de 2 dezenas de alunos têm acompanhado as aulas de 4 disciplinas com as melhores condições técnicas. Assim, as aulas da Universidade Sénior do Rotary Clube de São João da Madeira têm continuado todas as semanas, nomeadamente as aulas de Inglês, Português e Jornalismo, História de Arte e da Cultura e Novo Testamento.

Para participar nestas aulas, os alunos que o desejem fazer deverão dirigir-se aos respetivos docentes e indicar-lhes o seu endereço de correio eletrónico. Também podem fazer essa solicitação através do endereço unisersjm@hotmail.com. A página da Universidade no Facebook e o seu website oficial, no endereço https://sites.google.com/site/universidadeseniorsjoao/, continuam em atividade, dando notícias e publicando trabalhos e mensagens de alunos e de docentes.

Superando naturais dificuldades técnicas, os nossos seniores têm dado verdadeiros exemplos de interesse e persistência”, destacou a Universidade Sénior. Além da atividade letiva, continuam a ser preparadas outras ações em que a componente presencial se torna dispensável, nomeadamente a “Poesia à Mesa – Peregrinação poética”, que, como vem sendo habitual, contará com a presença de um grupo de seniores amantes da arte poética.

A direção reforça o apelo “ao rigoroso cumprimento das normas de confinamento, até porque se trata de uma faixa etária particularmente vulnerável”, esperando que, “com o avanço da vacinação e a progressiva conquista da imunidade de grupo, possamos voltar à nossa ´casa branca´, onde voltará a fervilhar a atividade que caraterizou a Universidade ao longo dos últimos 16 anos”.