poupança energia

Como poupar energia em casa durante o confinamento

A pandemia originada pelo coronavírus tem obrigado a maioria da população mundial a sucessivos períodos de confinamento domiciliário, sendo uma das formas de travar os contágios.

Selectra Portugal
www.selectra.pt

A pandemia originada pelo coronavírus tem obrigado a maioria da população mundial a sucessivos períodos de confinamento domiciliário, sendo uma das formas de travar os contágios.

No entanto, este confinamento que nos leva a passar mais tempo em casa, seja em regime de teletrabalho ou não, tem um impacto nos gastos domésticos e principalmente na energia elétrica.


Neste artigo daremos algumas ideias de pequenos gestos em casa que possam contribuir para a sustentabilidade ambiental e ainda poupar nas despesas domésticas.

Principais formas de poupar energia em casa

No escritório ou local habilitado para teletrabalho é aconselhável evitar o uso de papel desnecessário para anotações. A melhor forma é optar pelas ferramentas digitais. Outra boa prática é imprimir apenas o estritamente necessário e usar sempre papel reciclado.

No caso das telecomunicações, se já tem algum serviço de TV, net e voz em casa, verifique se compensa manter o mesmo tarifário móvel. Se neste momento passa mais tempo em casa, a WTF pode ser uma boa opção. Pode ser benéfico reduzir as tarifas móveis e não pagar desnecessariamente pelo serviço fixo e móvel em simultâneo.

Na cozinha, os eletrodomésticos também representam um elemento importante das despesas domésticas. Criar bons hábitos na cozinha para reduzir o consumo é fundamental, principalmente agora que passa tanto tempo em casa e o hábito de cozinhar é mais frequente.

O forno é um dos aparelhos elétricos de maior consumo, enquanto o micro-ondas gasta entre 60-70% menos. Além disso, ao cozinhar no forno, é aconselhável não o abrir, pois perde cerca de 20 graus de temperatura e consome mais para voltar a aquecer.

Quanto ao frigorífico, é aconselhável manter 5ºC para refrigeração e -18ºC para o congelador. Além disso, ter uma lista do que comer todos os dias fará com que não abra o frigorífico muitas vezes, poupando com esse pequeno gesto. Deve ainda lavar a loiça à mão, devido ao consumo contínuo que a máquina de lavar loiça acarreta e que pode representar um gasto de pelo menos 40% sobre a conta de energia.

Quanto ao aquecimento, deve ser usado apenas se estiver bastante frio. A temperatura ideal da casa situa-se à volta dos 20ºC e cada grau a mais leva a um aumento do gasto entre 5% e 10%. Além disso, à noite, em vez de desligá-lo, é melhor manter a temperatura perto dos 15ºC.

Deve contar ainda com um bom isolamento. Ao passar mais tempo em casa, é importante verificar o isolamento da sua casa e certificar-se de que não é afetado pela temperatura exterior. Uma casa com boas janelas e sistemas de isolamento pode ajudar a poupar até 30%.

Mais dicas para poupar energia durante o confinamento

Eletrodomésticos: evite o modo standby, substitua a sua TV por LCD para poupar até 37% de energia, carregue totalmente a bateria do seu telemóvel e com o modo avião ativado. São alguns dos truques para poupar na eletricidade gasta através do uso de aparelhos eletrónicos e que estão a ser mais usados nestes períodos de confinamento.

Lavar a roupa: aconselha-se optar por ciclos de lavagem curtos e água fria ou morna com carga completa. No entanto, como medida de combate ao coronavírus, é aconselhável lavar tudo a mais de 60ºC. Além disso, evitar o uso da máquina de secar e secar roupas ao ar livre também gera uma poupança significativa.

Luz natural: aproveite ao máximo todas as horas de sol com as cortinas e persianas abertas para que a luz natural entre e apague sempre a luz se não estiver numa determinada divisão. Também é recomendado o uso de lâmpadas LED com eficiência energética. São um pouco mais caras mas compensa.

Reciclagem: agora que há mais lixo gerado em casa é importante, se for possível, fazer uma boa separação do lixo para sua correta reciclagem. Tenha em mente o princípio dos 3Rs da Ecologia: Reciclar, reduzir e reutilizar.