idoso acamado

Guia prático para cuidar de um idoso acamado

Para cuidar de uma pessoa, seja idoso ou não, que ficou acamada devido a alguma cirurgia ou a uma doença crónica, como Alzheimer, por exemplo, é importante pedir ao enfermeiro ou médico responsável instruções básicas.

Para cuidar de uma pessoa, seja idoso ou não, que ficou acamado devido a alguma cirurgia ou a uma doença crónica, como Alzheimer, por exemplo, é importante pedir ao enfermeiro ou médico responsável instruções básicas sobre como alimentar, vestir ou dar banho, para evitar agravamento da doença e melhorar sua qualidade de vida.

Desta forma, para manter a pessoa confortável e, ao mesmo tempo, prevenir desgaste e dores nas articulações do cuidador, segue um guia com algumas dicas simples sobre como deve ser o plano diário de cuidados, que incluem a satisfação de necessidades básicas como levantar, virar, trocar a fralda, alimentar ou dar banho na pessoa acamada.

Assista a este vídeo para aprender o passo a passo de algumas das técnicas referidas neste guia:

1. Cuidar da higiene pessoal

A higiene de quem está acamado é muito importante para evitar o desenvolvimento de bactérias. Assim, os cuidados que devem ser feitos incluem:

2. Lidar com a urina e as fezes

A pessoa acamada urina, normalmente, entre 4 a 6 vezes por dia e, por isso, quando está consciente e consegue segurar o xixi, o ideal é que peça para ir autonomamente. Nos outros casos, deve usar um urinol.

Já quando a pessoa não está consciente ou apresenta incontinência urinária, é recomendado utilizar uma fralda que deve ser trocada sempre que estiver molhada ou suja. No caso de retenção urinária, o médico pode aconselhar o uso de uma sonda vesical que deve ser mantida em casa e que requer cuidados especiais. Saiba como cuidar da pessoa com sonda vesical.

A eliminação de fezes pode mudar quando a pessoa fica acamada, sendo, em geral, menos frequente e com fezes mais ressecadas. Assim, se a pessoa não evacuar por mais de 3 dias, pode ser sinal de prisão de ventre, podendo ser necessário fazer massagens na barriga e oferecer mais água ou tomar um laxante sob orientação médica.

No caso se a pessoa estar usando fralda, veja o passo-a-passo para trocar a fralda quando está suja.

3. Garantir uma alimentação adequada

A alimentação do idoso acamado deve ser feita no mesmo horário em que a pessoa estava habituada a alimentar-se, mas deve ser adaptada de acordo com os seus problemas de saúde. 

A maioria das pessoas acamadas ainda é capaz de mastigar os alimentos e, por isso, precisam apenas de ajuda para levar os alimentos à boca. No entanto, se a pessoa tiver uma sonda de alimentação é necessário ter alguns cuidados especiais na hora de alimentar. Veja como alimentar uma pessoa com sonda.

Pode ser necessário adaptar a consistência dos pratos às capacidades de cada idoso mastigar. Por exemplo, caso a pessoa tenha dificuldade em engolir água sem se engasgar, uma boa dica é oferecer gelatina. 

4. Manter o conforto

O conforto da pessoa acamada é o principal objetivo de todos os cuidados, porém, existem outros cuidados que ajudam a manter a pessoa mais confortável durante o dia, sem feridas ou com menos dores e que incluem:

Também é recomendado manter a pele bem hidratada, passando um creme hidratante depois do banho, esticar bem os lençóis e ter outros cuidados que impeçam o surgimento de feridas na pele.

Fonte: www.tuasaude.com/como-cuidar-de-uma-pessoa-acamada/