atividades idosos

Jogo interativo quer ajudar a reabilitar idosos e tem “mão” portuguesa

Vários países juntaram-se para desenvolver o VITAAL e passados dois anos o sistema começa a ser testado. Espera-se a participação de pelo menos 96.000 idosos até 2021.

Um serious game interativo e um portal clínico: são com estas soluções que um projeto internacional que já está a ser testado quer ajudar a reabilitar pessoas idosas. Designada por VITAAL, a iniciativa foi financiada em 1,6 milhões de euros e integra uma equipa portuguesa do Fraunhofer AICOS Portugal, como também seis empresas, clínicas e universidade da Bélgica, Canadá e Suíça.

Dirigido sobretudo a pessoas com problemas de mobilidade, incontinência urinária e défice cognitivo, o VITAAL é uma solução integrada para reabilitação de idosos, avaliação e personalização de intervenções. Para isso, conta com duas componentes principais: um serious games, ou seja, um jogo com um propósito sério, e um portal clínico.

Em comunicado, o Fraunhofer AICOS Portugal explica que o sistema permite o treino de várias funções motoras e cognitivas e utiliza a análise da marcha para adaptar a intervenção. Mas de que forma é que é feita a avaliação da marcha e da interação com o jogo? Através de sensores que são colocados no calçado dos participantes.

Baseado em tecnologias web, o sistema pretende dar resposta às barreiras de acessibilidade, descontinuidade e falta de recursos, por vezes associados à reabilitação nas clínicas.

Quão eficazes e viáveis são as intervenções?

Depois de concluído o estudo de usabilidade e desenvolvimento centrado no utilizador, o projeto inicia agora a fase de intervenção. Neste período, procura-se avaliar a viabilidade e eficácia das intervenções, algo que já está a  ser feito na Suíça. Em breve, seguem-se a Bélgica e o Canadá.

No total, está prevista a participação de pelo menos 96.000 utilizadores com incontinência urinária, défice cognitivo ou problemas de mobilidade.

O VITAAL é um projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito do Programa Active and Assisted Living. O consórcio inclui sete instituições de vários países e teve início há dois anos, devendo estar concluído em 2021.

Fonte: https://tek.sapo.pt/noticias/computadores/artigos/jogo-interativo-quer-ajudar-a-reabilitar-idosos-e-tem-mao-portuguesa