Mortalidade diabetes

Covid-19. “Mortalidade é três vezes superior nas pessoas com diabetes”

Para o presidente da APDP, os números da primeira vaga da pandemia mostram a necessidade de apostar no controlo da DMT2, pois são os doentes com a doença descontrolada os que enfrentam mais riscos de complicações.

O Observatório Nacional da Diabetes (OND) analisou os dados dos internamentos das pessoas diagnosticadas com Covid- 19 durante a primeira vaga da pandemia e os números demonstram a importância do rastreio nos doentes com diabetes mellitus tipo 2.

Nos dados de março a 28 de abril de 2020 fornecidos pela Direção-Geral da Saúde, verificou-se que a taxa de hospitalização entre as pessoas diagnosticadas com Covid-19 era de 14,5%, uma percentagem que sobe para 43,3% nas pessoas com diabetes.

Para José Manuel Boavida, estes números “dão claramente a entender como a infeção [por SARS-CoV2) descompensa a diabetes e do ponto de vista da doença, a Covid-19 corre pior” nesta população, comentou.

O conjunto de dados fornecidos permitiu ainda ao OND verificar que, na primeira vaga da pandemia, do total de pessoas que testaram positivo para a infeção pelo novo coronavírus, 1 145 tinham diabetes, o que representa 5,3% do total de infetados. E nos 502 óbitos que se registaram em Portugal durante o período em análise, 83 eram pessoas que tinham diabetes. Além disso, do total de infetados, 8,8% necessitou de internamento em unidades de cuidados intensivos, uma percentagem que sobe para 20,3% no caso das pessoas com diabetes infetadas com o novo coronavírus.

Ao comentar os dados apurados, o presidente da Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP) sublinha que “conseguimos ver que quer o número de internamentos globais, quer o número de internamentos em cuidados intensivos, quer a mortalidade é grosseiramente três vezes superior nas pessoas com diabetes” o que leva a associação que a concluir que “têm de ser de ser tomadas para proteção das pessoas com diabetes e para um melhor controlo da diabetes que são absolutamente fundamentais”.

Créditos imagem: https://raiox.pt/

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)