pilates idosos

Pilates melhora equilíbrio e reduz medo de cair na terceira idade

Um estudo recente, publicado no European Journal of Sport Science, referiu que um programa de Pilates é capaz de melhorar o equilíbrio e a postura em idosas.

Um estudo recente, publicado no European Journal of Sport Science, referiu que um programa de Pilates é capaz de melhorar o equilíbrio e a postura em idosas. Como resultado, o medo de sofrer de quedas diminuiu nesta população.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), de 28% a 35% das pessoas com mais de 65 anos de idade sofrem algum episódio de queda a cada ano.


As causas são múltiplas
As quedas podem ocorrer por diversos fatores. Entre os mais importantes estão as alterações da marcha, mudanças nos mecanismos responsáveis pela postura e a perda considerável da força muscular.
Dentro de casa
Aliado aos mecanismos fisiológicos do processo natural do envelhecimento, estão os fatores de risco relacionados com o ambiente. “A maior parte das quedas ocorre dentro de casa. Tapetes, pisos escorregadios, falta de apoios nas escadas e chuveiros, falta de iluminação, armários muito altos, etc. As ruas e estabelecimentos comerciais também apresentam riscos, como buracos, pisos molhados, degraus pouco sinalizados, entre outros”, explica Walkíria Brunetti, fisioterapeuta especialista em Pilates.
Pandemia tornou-se fator de risco
A falta de atividade física, como uma caminhada, pode acelerar a perda muscular. Também a falta de sol tem impacto nos níveis de vitamina D, essencial para a saúde óssea. E estes dois fatores podem explicar um aparente aumento das quedas e fraturas nos idosos durante a quarentena.
Idosos e o Pilates
Este não é o primeiro estudo que prova a eficácia do Pilates na prevenção de quedas e melhora do equilíbrio na população idosa. “O Pilates é muito bom, pois trabalha nos três planos de movimento do corpo humano. Normalmente, a musculação trabalha um plano de cada vez”, cita Walkíria.

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)