apoio idosos

‘Palco em casa’ leva concertos a 32 idosos que vivem sozinhos

Idosos que moram sozinhos em 32 casas de aldeias dos concelhos de Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, vão receber concertos profissionais ao domicílio a partir de 2021, no âmbito do programa ‘Palco em casa’.

O projeto é da Sociedade Artística Musical dos Pousos (SAMP), em Leiria, que, com a colaboração da Filarmónica Pedroguense, de Pedrógão Grande, prepara um conjunto de ‘concertos de bolso’ a realizar dentro ou nos pátios das casas que estão a ser identificadas, avança a instituição.

A SAMP explica, em comunicado, que esta é uma proposta criada a pensar em quem escolhe envelhecer em casa, constituindo os concertos uma forma de “capacitação social, psicológica, emocional e cultural”, em especial para “idosos isolados e ainda independentes”.

Essa população não-institucionalizada sobre frequentemente de “solidão no domicílio“, sendo necessário mobilizar a comunidade numa “luta contra o abandono e exclusão ou segregação”.

Inspirado no programa ‘Novas Primaveras’, que a SAMP leva há 15 anos a lares e instituições  de apoio a idosos, ‘Palco em casa’ em outra escala: a música escolhida pelos próprios moradores entra-lhes diretamente em casa, indo ao encontro de pessoas que “menos têm, menos verbalizam, menos se movimentam”.

Selecionado pelo Programa de Apoio Municipal de Leiria à Rede Cultura 2027, ‘Palco em casa’ está atualmente a identificar públicos, definir programação e criar o sistema de bilheteira, já que os moradores selecionados podem convidar familiares e amigos para a atuação privada.

No início de 2021 começam os 32 ‘concertos de bolso’, com músicos profissionais num palco especial que está a ser desenvolvido em parceria com o Politécnico de Leiria.

O programa finalizará em julho, com espetáculo conjunto em Leiria pelas duas bandas filarmónicas.

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)