lares de idosos

“Custa ver a facilidade com que se dá milhões ao Novo Banco e não há trocos para os lares” – Bagão Félix

O economista António Bagão Félix critica todo o processo relativo ao Novo Banco e admite que lhe custa ver como há milhões de euros para capitalizar o banco e não há “uns trocos” para travar a Covid-19 nos lares.

O economista António Bagão Félix critica todo o processo relativo ao Novo Banco e admite que lhe custa ver como há milhões de euros para capitalizar o banco e não há “uns trocos” para travar a Covid-19 nos lares.

Em entrevista à Agência Lusa, Bagão Félix diz que não tem a intenção “de ser demagógico”, embora admita que lhe possam dirigir essa acusação, mas garante que lhe “custa ver a facilidade com que se deram milhares de milhões dos contribuintes, dos cidadãos portugueses [ao Novo Banco] e depois não há uns trocos, ou não houve até agora, para prevenir as situações da Covid-19” junto das “pessoas velhas em instituições e lares do nosso país”.

Aí já não há dinheiro. Ou o dinheiro tem de ser muito discutido”, lamenta.

O antigo ministro das Finanças no Governo liderado por Santana Lopes, antigo ministro da Segurança Social e do Trabalho no Governo liderado por Durão Barroso e antigo vice-governador do Banco de Portugal, lembra que não é apenas quando o Estado faz empréstimos ao Fundo de Resolução (FdR) para este capitalizar o Novo Banco que há prejuízo para os contribuintes.

O principal acionista do FdR é um banco público [a Caixa Geral de Depósitos]. E, portanto, também pagamos por via desse banco público. E pagamos também por via da diminuição do Imposto sobre o Rendimento das pessoas Coletivas (IRC) de todos os bancos” porque as contribuições que estes fazem para o FdR aparecem como custos nas suas contas, diminuindo os impostos a pagar ao Estado.

É uma escada de faturas para os contribuintes portugueses”, lamenta novamente o economista.

Fonte: www.saudemais.tv/noticia/23584-custa-ver-a-facilidade-com-que-se-da-milhoes-ao-novo-banco-e-nao-ha-trocos-para-os-lares-bagao-felix

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)