Ordem dos Psicólogos

Faro distinguido pela Ordem dos Psicólogos pelas políticas pró-envelhecimento

O Município de Faro foi distinguido pelo seu trabalho na área do envelhecimento, pela Ordem dos Psicólogos Portugueses, com o “Selo Comunidades Pró-Envelhecimento”.

O Município de Faro foi distinguido pelo seu trabalho na área do envelhecimento, pela Ordem dos Psicólogos Portugueses, com o “Selo Comunidades Pró-Envelhecimento”.

Este galardão distingue municípios cujas políticas, programas, planos estratégicos e práticas demonstram “um compromisso forte e efetivo com a promoção do envelhecimento saudável e bem-sucedido ao longo de todo o ciclo de vida”.

Faro, que ostenta a bandeira de Município Familiarmente Responsável do Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis, foi uma das 94 autarquias reconhecidas pela Ordem dos Psicólogos, entre municípios e juntas de freguesia.

Segundo a Câmara de Faro, “para estes reconhecimentos, muito tem contribuído o Gabinete de Apoio ao Idoso (GAI)” que “se destina ao atendimento específico de munícipes idosos e/ou respetivos familiares residentes no concelho, bem como a constituição de um grupo de trabalho na área do envelhecimento do qual fazem parte 11 entidades do concelho com respostas na área do envelhecimento”.

Dos programas implementados pelo Município junto dos idosos, a autarquia destaca a teleassistência domiciliária, que consiste na aplicação de uma pulseira e um dispositivo de alarme para resposta imediata a qualquer situação de emergência.

Está também em vigor desde 2019 o programa de apoio à medicação, através da atribuição do Cartão ABEM a mais de 100 munícipes idosos, cujas despesas com farmácia passaram a ser suportadas pelo Município de Faro.

Também o Programa Faro Sénior é destacado. Esta iniciativa consiste na promoção de atividades lúdicas e pedagógicas que promovem o envelhecimento ativo e a melhoria da qualidade de vida, “minimizando o isolamento e a solidão”.

O GAI, durante a pandemia, tem ainda “acompanhado os nossos seniores, com um cuidado particular com aqueles que se encontram em situação de isolamento e solidão…”.

Para a Câmara de Faro, este selo «constitui mais um justo reconhecimento de todo o trabalho efetuado junto dos nossos seniores e que surge logo após a Câmara e a GNR terem estabelecido um protocolo que vai permitir uma intervenção ainda mais próxima junto dos idosos em isolamento, identificados pela GNR através dos Censos Sénior.

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)