presidente

Presidente da República leva «solidariedade» a idosos e funcionários de Boliqueime

Marcelo Rebelo de Sousa começou jornada de trabalho com visita ao lar de Boliqueime, depois reuniu-se na igreja.

«Solidariedade, solidariedade, solidariedade. Estamos todos juntos nesta luta. E estamos a dar a volta!».

Foi esta a mensagem que o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa levou ontem, 26 de julho, aos utentes e aos funcionários do lar de idosos da Santa Casa de Misericórdia de Boliqueime, local onde ocorreu o foco de Covid-19 com mais mortes associadas, no Algarve.

O Chefe de Estado acenou e falou de longe aos utentes e dirigiu-lhes palavras de incentivo. E até houve oportunidade para tirar as já tradicionais selfies, ainda que salvaguardando sempre as devidas distâncias.

Na sua intervenção, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que estava ali para, “primeiro que tudo, dar a todos e a todas um grande abraço”.

Mas o meu abraço é especial para os meninos e meninas da minha idade que aqui estão. Para todos vós, vai um grande abraço para os homens e muitos beijinhos para as senhoras”, disse.

Os abraços, à distância, não ficaram por aqui, já que o Presidente da República fez questão de também os enviar “aos que permitem que exista esta obra, que trabalham cá, dirigem-na e conseguem que ela seja aquilo que é, crescendo sempre”.

São, de resto, estas pessoas que garantem que os utentes deste lar “são tão bem tratados e tão bem acolhidos, com amor, carinho, ternura e solidariedade”.

Felizmente, os últimos meses têm sido tempos melhores para todos. Em junho e em julho houve melhores notícias. E isso é bom para a Santa Casa de Boliqueime, para o município de Loulé e para Portugal”, acredita Marcelo Rebelo de Sousa.

Tenham a noção de que estão a ser acompanhados por muitas e muitos portugueses que conhecem o que tem sido a obra desta casa e também ficam felizes por estarem a viver os meses que têm vivido”, rematou o Presidente da República.

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)