ordem dos médicos

Covid-19: Ordem dos Médicos do Norte defende preparação atempada do SNS para o inverno

O presidente da Ordem dos Médicos do Norte defendeu esta quarta-feira, dia 22 de julho, que a tutela deve preparar o Serviço Nacional de Saúde (SNS) para as necessidades do inverno, sugerindo o regresso dos hospitais de campanha para dar resposta à Covid-19.

O presidente da Ordem dos Médicos do Norte defendeu esta quarta-feira, dia 22 de julho, que a tutela deve preparar o Serviço Nacional de Saúde (SNS) para as necessidades do inverno, sugerindo o regresso dos hospitais de campanha para dar resposta à Covid-19.

A possibilidade de [no inverno] vir a aumentar o número de infetados e também o número de doentes que necessitam de cuidados é um risco muito real. A tutela, nomeadamente a ARS-N [Administração Regional de Saúde do Norte], deveria já estar a programar o inverno”, disse António Araújo.

Sublinhou que “é fundamental que se comece a pensar nos internamentos no inverno, em eventuais hospitais de retaguarda”, para caso haja “um número excessivo de internamentos” possam ser alocados os menos graves para esses espaços.

Seja pela gripe ou pela Covid-19, o importante é que estejamos preparados para o inverno”, reforçou.

O presidente da Ordem dos Médicos do Norte, que falava aos jornalistas à margem de uma visita ao Hospital Magalhães Lemos, no Porto, apelou a uma “preparação atempada” para “o que possa acontecer de pior“, mas, ao mesmo tempo, mostrou-se otimista face aos números atuais relacionados com a pandemia do novo coronavírus.

António Araújo deixou uma mensagem cautelosa e reiterou apelos a cuidados e medidas de prevenção.

Esta é uma situação que varia rapidamente. Há que manter o cuidado e as medidas de proteção, manter a máscara e lavar as mãos frequentemente de forma a mantermos este cuidado e os números reduzidos“, referiu.

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)