idosos

Incubadora social de Castelo Branco intervém junto de idosos e carenciados

A instalação de uma incubadora social em Castelo Branco vai permitir a intervenção junto das comunidades mais idosas e carenciadas de quatro bairros, um projeto que decorrerá nos próximos três anos.

A instalação de uma incubadora social em Castelo Branco vai permitir a intervenção junto das comunidades mais idosas e carenciadas de quatro bairros, um projeto que decorrerá nos próximos três anos, foi anunciado no passado dia 14 de julho.

O projeto Social IN – Inovação & Inclusão, cuja candidatura foi realizada pela Amato Lusitano – Associação de Desenvolvimento (ALAD), tem como parceiros o município local e o Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), e prevê a instalação de uma Incubadora Social na Quinta do Moinho Velho.

O projeto, cujo investimento total ultrapassa os 373 mil euros, vai decorrer nos próximos três anos, com intervenções nos bairros da Porta do Sol, Ribeiro das Perdizes, Cansado e Horta D’ Alva.

 “Castelo Branco tem apostado forte no empreendedorismo. Agora, vamos dar força à incubação na área social. O programa é o embrião e um exemplo daquilo que queremos fazer na Quinta do Moinho Velho”, frisou o presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia.

O objetivo passa por promover a melhoria da qualidade de vida das comunidades abrangidas e os compromissos para os próximos três anos incluem a instalação de 15 projetos e um compromisso mínimo de melhorar significativamente a qualidade de vida de uma centena de pessoas.

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)