apoio

Açores criam novo apoio ao Cuidador Informal no âmbito do Serviço de Apoio Domiciliário

Os Serviços de Apoio ao Domicílio (SAD) vão contemplar um novo serviço para ajuda ao Cuidador Informal, que consiste na permanência de um profissional do SAD durante os períodos de ausência dos cuidadores informais.

Os Serviços de Apoio ao Domicílio (SAD) vão contemplar um novo serviço para ajuda ao Cuidador Informal, que consiste na permanência de um profissional do SAD durante os períodos de ausência dos cuidadores informais.

A informação foi avançada hoje, dia 6 de julho, pela secretária regional da Solidariedade Social, citada numa nota enviada às redações.

Nessa nota, é indicado que foi hoje publicada, no Jornal Oficial, a portaria que contempla o serviço “Apoio ao Cuidador Informal“, no sentido de “propiciar as condições necessárias para que os cuidadores possam estar capacitados para a prestação dos cuidados, promovendo igualmente o seu bem-estar assim como uma melhor conciliação entre a sua vida pessoal, familiar e profissional”.

Andreia Cardoso falava na abertura de uma formação dirigida aos técnicos das Unidades de Saúde Locais que vão integrar o Gabinete Local de Apoio ao Cuidador.

Segundo a governante, “os Gabinetes Locais de Apoio ao Cuidador estarão a funcionar em pleno a partir de setembro, altura em que poderá ser requerido o cartão de identificação do cuidador informal, assim como o apoio financeiro aos cuidadores”.

revista dignus

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus1

(Irá receber um email com o link de download.)