gripe

Portugal terá dois milhões de vacinas para a próxima época gripal

A secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira, anunciou na quarta-feira “a maior compra de sempre de vacinas contra a gripe em Portugal: dois milhões de vacinas, mais 38% de aquisição”.

A secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira, anunciou na quarta-feira “a maior compra de sempre de vacinas contra a gripe em Portugal: dois milhões de vacinas, mais 38% de aquisição”.

Segundo noticiou o Expresso, citando a agência Lusa, a responsável indicou que o objetivo é “salvaguardar que mais portugueses, numa circunstância também de maior risco, estarão protegidos no próximo inverno”. “Estamos a focar-nos sobretudo nos mais vulneráveis”, referiu.

O Serviço Nacional de Saúde deve e continuará a ser a muralha que nos defende e protege, a rede insubstituível, um instrumento de igualdade e segurança para todos os portugueses, no qual continuamos a acreditar e a confiar”, disse, durante uma conferência de imprensa da Direção-Geral da Saúde sobre a situação epidemiológica no país.

Não podemos nem perder o foco por razões ligadas à dimensão económica ou à dimensão emocional, nem esquecer que estamos no meio de uma pandemia e que temos de ter as regras de higiene, distanciamento social e etiqueta respiratória devidas para que esta não vença. Agora, como antes, devemos manter o foco e a disciplina na recomendação das recomendações, agora redobradas, exercendo a responsabilidade individual que nos é devida enquanto membros de uma comunidade e, como sempre dissemos, enquanto agentes de saúde pública”, acrescentou a secretária de Estado.

Jamila Madeira deixou o alerta: “esta epidemia continuará a colocar-nos permanentes desafios e adversidades, sobretudo adversidades no nosso, como noutros países, que queremos e vamos ultrapassar”.

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)