sns

“Se há momento em que foi provada a importância da hospitalização domiciliária foi durante esta pandemia”

Declarações António Sales, secretário de Estado da Saúde, no âmbito da assinatura de um protocolo entre o Grupo NOV e o Centro Hospitalar de Leiria (CHL)

Se há momento em que foi provada a importância da hospitalização domiciliária foi durante esta pandemia. Este foi um bom exemplo de reorganização, com 85% dos doentes infetados a serem tratados em casa, declarou António Sales, secretário de Estado da Saúde, no âmbito da assinatura de um protocolo entre o Grupo NOV e o Centro Hospitalar de Leiria (CHL), para oferta de uma viatura ligeira de passageiros pela LPM – Comércio Automóvel à Unidade de Hospitalização Domiciliária.

A cerimónia teve lugar na passada terça-feira, dia 2 de junho, e contou com a presença dos membros do Conselho de Administração do CHL, presidido por Licínio de Carvalho, da equipa da Unidade de Hospitalização Domiciliária, e do presidente do Conselho de Administração da LPM, Joaquim Paulo Conceição, entre outros elementos do Grupo NOV.  

Não há nada mais agradável que ver a sociedade civil mobilizar-se em torno de causas nobres como esta”, partilhou António Sales, considerando que “este não é o tempo para fazer balanços, é o tempo de atuar, de dar respostas, e é isso que se está a fazer com este serviço”. O secretário de Estado da Saúde salientou que “o CHL tem pautado a sua prestação de serviços pela valorização dos seus profissionais, e este é mais um marco nessa valorização”, aproveitando a oportunidade para agradecer a dedicação de todos os profissionais de saúde durante a pandemia: “Foram a vacina que precisávamos perante este corpo estranho que entrou nas nossas vidas”.

O presidente do Conselho de Administração do CHL considerou ainda que “simbolicamente, voltamos a cumprir o objetivo estratégico de crescimento e de desenvolvimento do CHL, e por isso do SNS. A Hospitalização Domiciliária, a par da ambulatorização dos cuidados, é um modelo privilegiado de resposta hospitalar que procura reduzir os impactos negativos que tem, precisamente, a hospitalização clássica”.

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)