covid-19

Covid-19: Retoma gradual da atividade

Não facilitar porque pode ocorrer “onda muito pior” alerta o INSA.

O Presidente do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) considera que o combate à Covid-19 trouxe várias lições, sobretudo o não se poder facilitar porque pode acontecer “uma onda muito pior”.

Não podemos facilitar porque isto tem ondas e pode acontecer uma onda muito pior, porque é aquilo que se diz: basta levantar um bocadinho o pé da mola, a mola volta a disparar”, diz Fernando de Almeida, lembrando que o novo coronavírus, que provoca a doença Covid-19, propaga-se com “muita facilidade” e ainda se sabe pouco sobre ele. 

A pandemia de Covid-19 levou a uma mudança de comportamentos da população que, diz o presidente do INSA, se vão manter.

Os nossos comportamentos daqui para o futuro jamais serão os mesmos, mas não é para agora, um ou dois anos ou três anos, jamais serão os mesmos”, vinca o Presidente do INSA, o laboratório nacional de referência em questões de epidemiologia e saúde pública.

Fernando de Almeida observa que “os estudos que aparecem são muito contraditórios” em termos de tempo de incubação, de segurança e de imunidade. “Se dá muita imunidade, se a imunidade é duradoura, ainda se sabe muito pouco, porque a ciência ainda não é suficientemente robusta para tirarmos conclusões muito concretas”.

Há uma lição que nós temos que aprender: é que nunca mais isto vai ser igual, os nossos hábitos, as nossas opções estão mudadas totalmente e vão ser mudadas totalmente”, considera.

A Organização Mundial da Saúde sempre mencionou que ciclicamente vão aparecendo este tipo de doenças, a maior parte delas ligadas a alterações virais.

Para Fernando de Almeida, este é o segundo ensinamento: “não vale a pena dizermos que só acontece aos outros. Não, também nos acontece a nós e temos que estar sempre preparados para o pior, esperando que aconteça o melhor”.

As estruturas estão a responder bem, os hospitais estão a responder bem, temos bons níveis de testes, tudo está a correr bem”, mas “não vamos facilitar”, esta é a terceira lição, nota Fernando de Almeida.

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)