fundação

Fundação de Miranda do Corvo propõe Dia dos Trabalhadores de Lares e Residências Sociais

A Fundação Assistência para o Desenvolvimento e Formação Profissional (ADFP), de Miranda do Corvo, desafiou o país a criar o Dia Nacional dos Trabalhadores de Lares e Residências Sociais.

A Fundação Assistência para o Desenvolvimento e Formação Profissional (ADFP), de Miranda do Corvo, desafiou o país a criar o Dia Nacional dos Trabalhadores de Lares e Residências Sociais.

Em carta enviada ao Primeiro-Ministro, partidos com assento parlamentar, Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS) e União das Misericórdias, esta instituição do distrito de Coimbra defende a criação de uma “data anual de homenagem e comemoração do papel de grande importância” desempenhado pelos trabalhadores dos lares e residências sociais.

O trabalho das Auxiliares, Empregadas de Quarto, Ajudantes de Lar, Ajudantes de Ação Direta é muito importante e esta importância é muitas vezes esquecida pela sociedade“, salienta o presidente da Fundação, Jaime Ramos, em comunicado enviado à agência Lusa.

Segundo o dirigente, “neste contexto da covid-19, mais se evidencia o significado de quem assegura o funcionamento das residências sociais para idosos, doentes crónicos, pessoas com deficiência“.

No comunicado, a Fundação ADFP avança que, já este ano, vai criar uma data de homenagem “ao trabalho anónimo dos profissionais dos lares/residências e estabelecimentos de assistência social e saúde“.

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)