idosos

Europeus vivem com saúde até aos 75 anos, Portugal fica-se pelos 72

A esperança de vida saudável aos 65 anos em Portugal é de 7,3 anos, inferior à média europeia (10 anos), segundo os dados do INE.

De acordo com o INE, no triénio terminado em 2018, a expectativa de vida para uma pessoa com 65 anos era de cerca de 19,5 anos (17,6 anos para os homens e 20,9 anos para as mulheres da mesma idade).

No entanto, a expectativa do número de anos de vida saudável aos 65 anos era “bastante menor”: 7,3 anos para a população em geral, 8,2 anos para os homens e 6,9 para as mulheres.

Durante a recolha de informação do INE, cerca de um terço da população a partir dos 16 anos indicou sentir uma limitação na realização de atividades consideradas habituais para a generalidade das pessoas devido a um problema de saúde: 33,6% em 2018 e 33,0% em 2019.

O indicador “Anos de vida saudável” permite avaliar se o aumento da esperança de vida é acompanhado ou não de um aumento de tempo vivido em boa saúde.

A esperança de vida à nascença em Portugal foi estimada em 80 anos para o total da população no triénio terminado em 2018, mais elevada para as mulheres (83,43 anos) do que para os homens (77,78 anos).

Considerando a informação relativa à existência de limitações devido a problemas de saúde, a estimativa de anos de vida saudável à nascença era de 58,6 anos, mais baixa para as mulheres (57,5 anos) do que para os homens (59,8 anos)”, refere o INE.

No mesmo período, a expectativa de vida para uma pessoa com 65 anos era de 19,49 anos, sendo respetivamente de 17,58 anos e de 20,88 anos para os homens e para as mulheres com a mesma idade.

Assim, em 2018, comparativamente aos restantes países da UE-28, Portugal posicionava-se em 9.º lugar, com um valor inferior em 2,7 anos de vida saudável aos 65 anos, face à média europeia de 10 anos.

campanha

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus1

(Irá receber um email com o link de download.)