apoiar

Covid-19: Centro de dia em Matosinhos recorre à Internet para apoiar utentes em casa

Um centro de dia em Matosinhos, fechado desde 13 de março, está a enviar informação via Internet aos cuidadores familiares ajudando-os a lidar com os utentes no período em que estarão em casa devido ao combate à covid-19.

Com 10 utentes com idades entre os 64 e 93 anos, o Centro de Dia Laços Quotidianos, em Matosinhos, distrito do Porto, contornou a impossibilidade de manter fisicamente o apoio aos idosos, por determinação da Direção-Geral da Saúde (DGS), recorrendo às tecnologias da informação para os apoiar em casa, explicou à Lusa Francisco Vieira, Diretor técnico e psicólogo da instituição.

Sem casos da covid-19 entre os colaboradores e utentes“, garantiu o responsável, a preocupação pelo confinamento forçado está a ser contornada com o recurso à imaginação, ferramentas disponíveis e à Internet.

“Foi definido um plano em que o objetivo é, dentro do possível, não alterar muito as dinâmicas que os utentes tinham no centro, proporcionando aos familiares cuidadores exercícios que lhes permitam fazer a estimulação cognitiva e física“, explicou Francisco Vieira.

Assim, disse, “são disponibilizados vídeos representativos do que eles faziam, para que os familiares possam perceber a dinâmica e qual a melhor forma de os incentivar e manter concentrados“.

Recorrendo a “músicas, técnicas de relaxamento e telefonemas“, explicou, abre-se a possibilidade, também, aos cuidadores de “verbalizarem as suas dificuldades, exteriorizar e desabafar, sentindo-se mais apoiados“.

Para os utentes em breve estará disponível “uma gravação áudio para fazerem relaxamento“, que lhes permite “equilibrar o sistema nervoso, favorecer a produção hormonal e fortalecer o sistema imunitário“.

campanha

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus1

(Irá receber um email com o link de download.)