ministra

Covid-19: SNS garante resposta para cirurgias prioritárias

A Ministra da Saúde, Marta Temido, garante que as cirurgias “prioritárias e muito prioritárias”, nomeadamente as oncológicas, continuam a ter resposta no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

A Ministra da Saúde, Marta Temido, garante que as cirurgias “prioritárias e muito prioritárias”, nomeadamente as oncológicas, continuam a ter resposta no Serviço Nacional de Saúde (SNS) e que os vales cirúrgicos emitidos para o setor privado “não foram suspensos”.

Na conferência de imprensa diária, ocorrida no dia 5 de abril, Marta Temido foi questionada sobre relatos de adiamento de cirurgias urgentes, nomeadamente na área da oncologia, e relembrou o despacho que fez a 16 de março sobre a remarcação de cirurgias, mas apenas para casos não urgentes, devido à pandemia da Covid-19.

Em 16 de março foi determinado que as intervenções cirúrgicas que não fossem consideradas clinicamente urgentes e muito urgentes poderiam ser, em função da avaliação da instituição, da direção clínica, e naturalmente da decisão clínica para cada doente, remarcadas e adiadas para uma data posterior”, disse a governante.

Marta Temido acrescentou que esta situação é idêntica para os meios complementares de diagnósticos e de terapêutica.

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)