diabetes

Diabéticos representam 9% das mortes por coronavírus

Informação avançada pelo presidente da Associação Protetora dos Diabéticos Portugueses, que também salienta, no entanto, que “não há qualquer evidência de que as pessoas com a diabetes” estejam mais sujeitas ao contágio.

Os doentes da diabetes representam “mais de 9% das pessoas falecidas com Covid-19”, mas não têm mais probabilidades de ser infetados pelo novo coronavírus.

A informação foi avançada, esta quarta-feira, pelo Presidente da Associação Protetora dos Diabéticos Portugueses (APDP), durante a conferência de imprensa de atualização sobre a infeção pelo novo coronavírus.

As pessoas com diabetes são um grupo de maior risco, com um aumento de mortalidade, atingindo mais de 9% das pessoas falecidas com Covid-19“, declarou José Manuel Boavida, que ressalvou, contudo, que “não há qualquer evidência de que as pessoas com a diabetes sejam mais atreitas a ser infetadas”.

Também “não existe evidência de diferença entre os vários tipos de diabetes, tipo I e II”. O presidente da APDP sublinhou, ainda que se a doença estiver “bem compensada, o risco é o mesmo da população em geral”.

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)