teste

Governo arrancou na segunda-feira com milhares de testes em lares de idosos

São dez mil testes numa fase inicial e o programa arranca nos distritos de Lisboa, Aveiro, Guarda e Évora e Faro. Em duas semanas, cobrirá todo o país. Uma campanha com objetivos preventivos para eliminar novos focos de contágio, assume Ana Mendes Godinho na TSF.

O Governo arrancou na passada segunda-feira, dia 30 de março, com um programa de testes à Covid-19 em todos os lares de idosos do país. É uma iniciativa do Ministério do Trabalho, Solidariedade e da Segurança Social, em colaboração com os ministérios da Saúde e da Ciência.

Em declarações à TSF, Ana Mendes Godinho afirma que, em função de níveis de risco, “vão começar a ser feitos testes relativamente ao Covid nos lares e vamos priorizar também em função de quais são neste momento os fatores mais preocupantes em termos de eliminação de risco, que são também os profissionais dos lares. Ou seja, vamos começar os testes aos funcionários dos lares e aos utentes que registem algum tipo de suspeita”. A medida conta, ainda, com a parceria da Segurança Social, da Cruz Vermelha, do Instituto de Medicina Molecular (através de quem arrancam os dez mil testes iniciais) e de algumas universidades, como Aveiro e Algarve. Portugal tem 2560 e todos estão abrangidos por esta medida, incluindo os privados.

Lisboa, Aveiro, Guarda, Évora e Algarve são as regiões onde vai arrancar o programa de testes em massa em lares de idosos, para fazer face ao que tem sido uma das mais dramáticas realidades da epidemia do novo coronavírus no país. Em declarações à TSF, ao explicar os critérios de seleção, a ministra Ana Mendes Godinho, assume que foi dada prioridade aos distritos e regiões identificados “como tendo mais lares ou tendo lares com maior número de pessoas; e portanto, aqui com o objetivo de prevenir a situação e identificar situações que possam ter desde já sinalizadas e corrigidas para prevenir ou diminuir o risco de propagação. Mas existe a perspetiva de alargar esta medida para todo o país“.

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus4

(Irá receber um email com o link de download.)