entregas

Juntas de freguesia de Lisboa lançam serviços de entregas ao domicílio

Penha de França, Benfica, Santo António, Campo de Ourique e Areeiro são algumas das freguesias de Lisboa que começaram a prestar serviços de ajuda aos moradores inseridos no grupo de risco da pandemia de covid-19.

Desde que a Direção Geral de Saúde recomendou o isolamento social e a permanência em casa, que muitas das freguesias estão a entregar alimentos e fármacos. De luvas, desinfetantes e guardando distâncias de segurança, deixando todos os bens à porta.

A Junta de Freguesia da Penha de França arrancou esta segunda-feira com o projeto que vai abranger moradores com mais de 65 anos, utentes com doenças crónicas e residentes em quarentena decretada pelas autoridades de saúde. O apoio consiste em entregas porta a porta determinadas pelas necessidades e aviso prévio dos cidadãos.

O serviço pretende criar um formato de entrega o mais seguro possível: o morador faz o pedido por via telefónica e é-lhe levado à porta de casa. Para já, as entregas vão ser feitas por profissionais da junta em parceria com outros meios institucionais. Os bombeiros da Penha de França já se estão a mobilizar para prestar assistência neste projeto.

A junta já possuía dois projetos que sinalizavam seniores e moradores que viviam em isolamento: a Penha Liga e o Projeto Radar, uma parceria da câmara com a Santa Casa da Misericórdia e o apoio das juntas de freguesia entre outras entidades. Serão estas as ferramentas utilizadas para fazer o primeiro contacto com os grupos de risco.”O executivo que tem o pelouro do bem-estar animal está responsável por passear os cães dos moradores que não o possam fazer“, conta fonte oficial da junta ao DN. Os contactos podem ser feitos por telemóvel 968 830 031, de segunda a sexta-feira, das 9:00 às 18:00.

campanha

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus1

(Irá receber um email com o link de download.)