ALZHEIMER

Alzheimer Portugal contextualiza relação entre coronavírus e demência

Para além dos riscos associados à própria doença, as mudanças nas rotinas criam novos desafios para quem cuida/vive com uma pessoa com demência.

Poucos estavam à espera do impacto que o coronavírus iria trazer quando chegasse ao país. Para além dos riscos associados à própria doença, as mudanças nas rotinas criam novos desafios para quem cuida/vive com uma pessoa com demência.

A Alzheimer Portugal disponibiliza agora um documento que, não pretendendo fazer uma revisão exaustiva sobre o próprio vírus, uma vez que a principal fonte de informação deverá ser aquela que é providenciada pela Direção Geral da Saúde, através do site oficial, pretende, sim, contextualizar o impacto que este vírus pode ter na pessoa com demência e em quem a rodeia, quais as principais estratégias para prevenir a contaminação e quais os possíveis desafios que podem surgir no ato de cuidar.

Para além disso, com o incentivo à quarentena voluntária, por parte do governo, há uma interrupção das rotinas diárias e uma maior convivência. Se, por um lado, surge a possibilidade de passar mais tempo junto de quem gosta, surge também a dificuldade em preencher o dia com atividades, de forma a minimizar a quebra nas rotinas e uma maior agitação, por parte da pessoa com demência.

Assim, este documento pretende partilhar algumas informações, sempre com referências para outros sites especializados e ligações para artigos do site da nossa Associação, ao longo do texto, para além do exemplo de algumas atividades e exercícios que podem ser usados, no decorrer deste tempo em conjunto.

O documento pode ser consultado em: https://bit.ly/2vvaVLU

campanha

DOWNLOAD GRATUITO

Dignus1

(Irá receber um email com o link de download.)