Fortaleça o seu equilíbrio

Os idosos tem muitos problemas com a mobilidade e equilíbrio, e com o avançar da idade a maioria das pessoas…

Os idosos tem muitos problemas com a mobilidade e equilíbrio, e com o avançar da idade a maioria das pessoas tem problemas nas articulações devido à artrite e diminuição da massa muscular. E isto, e outras enfermidades médicas, levam a um risco acrescido de queda de um idoso. E a cada queda, o risco de um idoso voltar a cair duplica e aumenta a probabilidade de morte prematura.

Mas há exercícios que o idoso pode fazer em casa, regularmente, para ajudar a melhorar a sua força, equilíbrio e coordenação, diminuindo o risco de queda. Importante referir que os exercícios explicados de seguida devem ser feitos ao lado de outra pessoa, com uma cadeira robusta ou com um corrimão que possam ser utilizados para auxiliar o idoso caso se sinta instável.

1. Andar na corda bamba

Estenda os braços para os lados e paralelos ao chão. Com os braços para fora, ande em linha reta, parando por um ou dois segundos cada vez que levantar a perna de trás do chão. Realizar entre 15 e 20 passos dessa forma. Ao caminhar, é importante manter a cabeça reta e olhar para um ponto fixo à sua frente porque ajuda a manter o equilíbrio.

2. Balançar

Coloque os pés na largura do quadril e cada pé deve pressionar o chão com a mesma força, para que o seu peso seja distribuído uniformemente pelas duas pernas. Com os ombros para trás e ao nível da cabeça, transferir, lentamente o peso para um lado, levantando o pé oposto do chão. Manter a perna elevada do chão o máximo que puder, mas não mais do que 30 segundos. Em seguida, transferir, lentamente, o peso para os dois pés e repetir o processo no lado oposto. Repita este processo 5 vezes para cada lado inicialmente e aumente as repetições à medida que o equilíbrio e força melhoram.

3. Simular a caminhada “à bebé

Coloque um pé diretamente na frente do outro para que o calcanhar do pé da frente e os dedos do pé de trás se toquem a cada passo. Dependendo do seu nível de flexibilidade pode não conseguir que os seus calcanhares e dedos dos pés toquem completamente, mas não desista. Apenas tente levá-los o mais próximos possível, sem qualquer desconforto. Faça entre 15 e 20 passos desta forma e mantenha os olhos fixos num ponto à sua frente, pois ajudará a permanecer estável.

4. Caminhar à flamingo

Fique com uma perna estendida e a outra encolhida na sua frente enquanto segura a parte de trás de uma cadeira para se estabilizar. Começar com uma perna por dez segundos e depois repetir na outra perna. Exercitar ambos os lados, mantendo sempre uma boa postura (mantenha os ombros para trás, as costas retas e a cabeça erguida).