UC investe em equipamentos de imagem cerebral

A Universidade de Coimbra (UC) vai receber 2 equipamentos PET (Tomografia por Emissão de Positrões), essenciais…

A Universidade de Coimbra (UC) vai receber 2 equipamentos PET (Tomografia por Emissão de Positrões), essenciais para o estudo do cérebro e diagnóstico de várias doenças (distúrbios neurológicos, cardiovasculares e cancro), no valor de 5 milhões de euros. A autorização para a aquisição das duas máquinas – que ficarão instaladas no Instituto de Ciências Nucleares Aplicadas à Saúde (ICNAS) da UC e no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) – foi recentemente aprovada em Conselho de Ministros e publicada em Diário da República.

Adquiridos no âmbito da BIN (Brain Imaging Network) – Rede Nacional de Imagiologia Funcional Cerebral, projeto que é liderado pela UC e que tem a sua infraestrutura central sediada no ICNAS, os 2 novos equipamentos PET vão reforçar a posição de liderança da Universidade de Coimbra na medicina nuclear e na imagiologia cerebral.

Os novos equipamentos de tomografia por emissão de positrões combinam as imagens de ressonância magnética nuclear (RMN) e PET com a recolha e o tratamento dos dados gerados para investigação básica e clínica, reforçando a componente imagiológica PET da infraestrutura da BIN – Rede Nacional de Imagiologia Funcional Cerebral em termos técnicos e clínicos de alto nível. “A aquisição destes equipamentos vem reforçar a posição da Universidade de Coimbra na área da medicina nuclear, abrindo-nos mais perspetivas no âmbito da investigação e da respetiva aplicação clínica”, sublinha o Reitor da UC, Amílcar Falcão.