Estudo revela que usar aparelho auditivo ajuda a manter a função cerebral

Uma investigação da Universidade de Exeter e King’s College London revelou que pessoas com perda auditiva e que utilizam uma prótese, têm maior probabilidade de manter a função cerebral saudável

Uma investigação da Universidade de Exeter e King’s College London revelou que pessoas diagnosticadas com perda auditiva devido à idade e que utilizam uma prótese, têm maior probabilidade de manter a função cerebral saudável quando comparadas com aquelas que não usam. O trabalho intitula-se “Use of Hearing Aids in Older Adults with Hearing Loss Is Associated with Improved Cognitive Trajectory”.

O estudo apresentado na Conferência Internacional da Associação de Alzheimer em Los Angeles, reuniu uma amostra de 25 mil pessoas com 50 anos ou mais. Os grupos realizaram testes cognitivos anuais ao longo de dois anos e, após esse período, o grupo que usava aparelhos auditivos apresentou um melhor desempenho nas medidas de avaliação da memória de trabalho e aspetos de atenção do que aqueles que não usaram. Relativamente aos níveis de atenção, as pessoas que usavam aparelhos auditivos mostraram tempos de reação mais rápidos.