Escovar os dentes poderá atrasar a doença de Alzheimer

Uma equipa de investigadores da Universidade de Bergen, na Noruega, descobriram que a bactéria que causa a gengivite pode ser decisiva para o desenvolvimento da doença de Alzheimer

Escovar os dentes poderá atrasar a doença de Alzheimer. Uma equipa de investigadores da Universidade de Bergen, na Noruega, descobriram que a bactéria que causa a gengivite pode ser decisiva para o desenvolvimento da doença de Alzheimer.

Provas baseadas em ADN indicam que as bactérias que causam a gengivite conseguem deslocar-se da boca para o cérebro. Estando nele, ela é capaz de produzir uma proteína que destrói células presentes no cérebro, o que resulta em uma perda de memória e, em algumas vezes, o Alzheimer por completo.