Beethoven pode ser potencial cura para o cancro

O estudo é da Universidade Federal do Rio de Janeiro revelou que a Quinta Sinfonia de Ludwig van Beethoven pode ser uma das potenciais curas para o cancro

O estudo é da Universidade Federal do Rio de Janeiro revelou que a Quinta Sinfonia de Ludwig van Beethoven pode ser uma das potenciais curas para o cancro. De acordo com este estudo os quatro movimentos iniciais desta Sinfonia são capazes de matar células cancerígenas, como o laboratório de Oncobiologia da Universidade verificou.

O Programa de Oncobiologia, que também existe em Lisboa e no Algarve, expôs células ligadas ao cancro de mama (MCF-7) à música que tem a duração de 30 minutos. Nos testes, uma em cada cinco células morreu. As células ligadas ao cancro da mama multiplicam-se a cada 30 horas, e foram precisos dois dias para a sessão musical fazer efeito, sendo que nesse período 20% da amostra celular cancerígena morreu, e as sobreviventes perderam tamanho.