Quais as doenças provocadas pela hipertensão?

A hipertensão arterial é a elevação da pressão arterial acima dos valores considerados normais

A hipertensão arterial é a elevação da pressão arterial acima dos valores considerados normais e ocorre quando o coração, ao bombear sangue, exerce uma força excessiva contra a parede das artérias.

É importante salientar que a pressão arterial tem tendência a subir com a idade, contudo a pressão arterial elevada nos idosos não deve ser considerada normal. Podemos considerar a hipertensão arterial quando a pressão máxima é maior ou igual a 160 mmHge/ou a pressão mínima é maior ou igual a 95 mmHg.

Com a hipertensão arterial podem surgir as seguintes complicações:

LESÃO DAS ARTÉRIAS

As nossas artérias são resistentes, elásticas e lisas, de forma a permitir a livre circulação do sangue no seu interior, mas essas caraterísticas perdem-se devido à hipertensão. A aterosclerose, deposição de gordura nas artérias, é o mecanismo inicial de quase todas as complicações da hipertensão arterial.

ANEURISMAS

Os aneurismas, dilatações localizadas ao longo do trajeto da artéria surgem do enfraquecimento da parede arterial, sendo mais comuns na artéria aorta.

ANGINA DE PEITO

A obstrução das artérias coronárias pela aterosclerose reduz a quantidade de sangue que chega ao miocárdio, o que se manifestar como angina, uma dor no peito que surge quando o paciente faz algum esforço ou está sob stress.

ENFARTE AGUDO DO MIOCÁRDIO

Se a obstrução de uma ou mais artérias coronárias for maior que 90%, a quantidade de sangue que chega ao miocárdio torna-se tão pequena que o músculo cardíaco sofre necrose provocando um enfarte do miocárdio.

INSUFICIÊNCIA CARDÍACA

A insuficiência cardíaca surge pelo facto de o coração necessitar de bombear sangue contra uma pressão maior por causa da hipertensão. Esse esforço constante provoca dilatação progressiva do coração, tornando-o mais fraco e incapaz de bombear o sangue adequadamente.

AVC

A hipertensão aumenta o risco de Acidente Vascular Cerebral (AVC) isquémico e hemorrágico.

INSUFUCIÊNCIA RENAL CRÓNICA

A hipertensão arterial pode provocar lesões nos vasos renais e nos glomérulos, estruturas responsáveis pela filtração do sangue.

LESÃO NA RETINA

A hipertensão arterial pode causar lesão nos vasos que levam sangue para a retina, camada de tecido sensível à luz localizada na parte de trás do globo ocular. A retinopatia hipertensiva é responsável pela perda da acuidade visual e, em casos mais avançados, pode provocar cegueira.

DEMÊNCIA

A lesão em múltiplos pequenos vasos cerebrais, provocando pequenos e assintomáticos AVC, pode ser despoletada pela hipertensão arterial Com o tempo, o acumular dessas lesões nos neurônios pode provocar uma forma de demência, chamada de “demência vascular”.

IMPOTÊNCIA SEXUAL

Pode também afetar o fluxo de sangue em qualquer parte do corpo e, sem sangue suficiente para o pénis, poderá haver dificuldade em manter a ereção.