Médicos com formação em Cuidados Paliativos

Através do Programa Humaniza que reforça o apoio integral a pessoas com doenças…

Através do Programa Humaniza que reforça o apoio integral a pessoas com doenças avançadas e aos seus familiares, a Fundação La Caixa e a Ordem dos Médicos lançaram um concurso que atribui 10 bolsas de formação para médicos com a competência em medicina paliativa, na sequência de um protocolo de colaboração assinado em dezembro de 2018. Estas bolsas permitem aumentar em 20% o número de médicos com esta competência em Portugal.

3 destas bolsas destinam-se à qualificação dos pediatras e as restantes 7 a candidatos de outras especialidades relevantes para os cuidados paliativos, incluindo oncologia, medicina interna e medicina geral e familiar, entre outras. O valor máximo por cada bolsa é de 20 mil euros que correspondem a 810 horas de estágio prático em reconhecidos prestadores de cuidados paliativos com idoneidade formativa, um requisito considerado fulcral para a Ordem dos Médicos. As bolsas são atribuídas através de concurso lançado pela Ordem dos Médicos, em articulação com a Fundação La Caixa.

A Ordem dos Médicos tem desenvolvido algumas iniciativas de apoio à formação médica, sobretudo na área dos cuidados paliativos e irá colaborar com a Fundação La Caixa na atribuição das referidas bolsas, no sentido de promover o reforço da formação específica em medicina paliativa.

Em Portugal estima-se que cerca de 80% das pessoas não tenham acesso a cuidados paliativos quando precisam. Dados referentes a 2017 indicam que dos 70 mil a 85 mil portugueses a necessitar de cuidados paliativos, apenas 12 mil terão recebido este tipo de cuidados.